quarta-feira, 1 de março de 2017

10 coisas que você devia saber para entender o que é o espiritismo



O espiritismo é um conjunto de práticas, princípios e doutrinas que consideram o ser humano um ser imortal que alterna vivências e experiências no mundo material e no espiritual. Os seguidores do espiritismo acreditam na comunicação entre os vivos e os mortos e na doutrina da reencarnação.

O termo espiritismo é um neologismo criado pelo francês Hippolyte Léon Denizard Rivail (1804-1869), mais conhecido como Allan Kardec.

Segundo consta, Hippolyte Rivail começou a frequentar as reuniões espíritas por curiosidade. Mas em uma delas, um médium disse que ele foi um celta chamado Allan Kardec e que deveria reunir os ensinamentos e conclusões dos últimos séculos numa doutrina que propagasse as ideias de Cristo e trouxesse alívio para a humanidade. O evento mudou para sempre sua vida, levando-o a reunir os ensinamentos espíritas no Livro dos Espíritos.

Os princípios do espiritismo foram reunidos por Allan Kardec em cinco obras: O Livro dos Espíritos (de 1857), O Livro dos Médiuns (1859), O Evangelho Segundo o Espiritismo (1863), O Céu e o Inferno (1865) e A Gênese (1868).

O túmulo de Allan Kardec é um dos mais visitados do cemitério Père Lachaise, em Paris. O Père Lachaise é famoso pela quantidade de celebridades sepultadas: Fredéric Chopin, Maria Callas, Edith Piaf, Marcel Proust, Amedeo Modigliani, Sarah Bernhardt, Oscar Wilde, Honoré de Balzac, Jim Morrison… A maior parte dos turistas que visita o túmulo de Kardec é brasileira.

O espiritismo chegou ao Brasil em 1860, sofrendo desde já grande preconceito. Só para se ter uma ideia, o Código Penal de 1890 classificava-o como crime. Os primeiros centros espíritas surgiram apenas em 1865.

Existe no Brasil uma cidade fundada exclusivamente por espíritas (ela cresceu a partir de um centro espírita). É a cidade de Palmelo, no estado de Goiás, a 58 quilômetros de Goiânia e com população atual de 2 500 habitantes.

Apesar da pátria-mãe do espiritismo ser a França, é no Brasil que a doutrina tem o maior número de adeptos. São 2,5 milhões de seguidores e outros milhões de simpatizantes.

Um dos maiores divulgadores da doutrina espírita no Brasil foi o médico, militar, escritor, jornalista e político Bezerra de Menezes, que começou a divulgar o Espiritismo pouco tempo depois da publicação da obra de Allan Kardec em português.

O mais famosos médium do Brasil foi Francisco Cândido Xavier, nascido em Uberaba (MG) em 2 de abril de 1910 e falecido (“desencarnado”, para os espíritas) em 30 de junho de 2002. A mediunidade de Chico começou a se manifestar quando ele tinha apenas quatro anos de idade.

Um dos escritores espíritas que maior sucesso atualmente é a paulista Zíbia Gasparetto, autoras dos clássicos O Amor Venceu e Laços Eternos. Só Laços Eternos vendeu cerca de 1 milhão de exemplares

As cirurgias espirituais são muito populares no Brasil. Um dos mais famosos médiuns cirurgiões foi o mineiro José Pedro de Freitas (1 822-1 971), mais conhecido como Zé Arigó. O espírito que ele afirmava incorporar era o do médico alemão Aldolph Fritz, supostamente morto na época da I Guerra Mundial.

Para mais informações e curiosidades sobre esse assunto, acesse: Mais Que Curiosidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário