quinta-feira, 2 de março de 2017

10 fatos interessantes sobre o culto mariano




A santidade de Maria só foi reconhecida pela Igreja no século V, ou seja, quase 500 anos após o surgimento do cristianismo.

Os dons, as aparições e a própria vida de Maria rendeu a ela mais de 200 homenagens e títulos.

Os devotos não costumam lembrar apenas as suas dores, mas também as suas alegrias. As alegrias de Maria são lembradas em imagens com anjos a seus pés.

Existe uma imagem ou culto para cada uma das virtudes de Maria. Entre essas virtudes estão a misericórdia, a piedade, o amor e a bondade.

Alguns dos dogmas de fé de Maria são: Imaculada Conceição, Virgem Perpétua, Maternidade Divina e Assunção aos Céus. Esses dogmas são reconhecidos pelas igrejas católica romana, ortodoxa e anglicana.

O dogma da Imaculada Conceição surgiu em 1 854, quando o papa Pio 9º proclamou que Maria era virgem quando Jesus foi concebido.

O dogma Nossa Senhora da Glória é uma referencia a assunção de Maria, que teria subidos aos céus de corpo e alma.

Segundo a tradição católica, Maria teria aparecido diversas vezes no decorrer da história. As mais conhecidas aparições marianas ocorreram em Lourdes (França), Medjugorge (Bósnia) e Fátima (Portugal).

Os turcos acreditam que a última casa de Maria ficava em seu país – mais precisamente na localidade de Selçuk. O local é um dos mais procurados pontos de atração turística da Turquia.

O Santuário Nacional de Aparecida é um dos maiores templos dedicados a Maria em todo o mundo. Costuma receber em torno de 200 mil peregrinos no dia 12 de outubro. O número de visitantes ultrapassa os 8 milhões por ano.

Para mais informações e curiosidades sobre esse assunto, acesse: Mais Que Curiosidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário